Revertendo seu imposto em Cultura

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmailPrintCompartilhar

A maioria das empresas não sabe, mas parte dos impostos que pagam para o governo podem ser destinados à Cultura. O dinheiro dos impostos pode ser revertido em investimentos para projetos culturais. Dessa forma, além de beneficiar sua própria empresa, você estará beneficiando a comunidade.

Os impostos podem se transformar em uma fonte de captação de recursos pela Lei Federal de Incentivo à Cultura (LIC), que permite a destinação de parcelas de impostos para doações culturais para projetos apoiados por incentivo fiscal. Os projetos devem estar enquadrados na Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) e Lei de Incentivo à Atividade Audiovisual.

Mesmo com incentivos fiscais para que as empresas abracem essa causa, ainda há uma grande deficiência do mercado para fomentar os projetos. Dados do Ministério da Cultura apontam que apenas 20% conseguem um patrocinador, sendo que 100% dos recursos doados são compensados na declaração do imposto de renda que já é pago para o governo, ou seja, o empresariado não tira um centavo do bolso.

Por que investir em Cultura

Quando você investe em Cultura, está investindo no meio em que vive. É uma forma de reaproveitar o seu dinheiro, pois o retorno será revertido em Cultura e, consequentemente, em publicidade para o seu negócio. Se você pretende investir em eventos culturais, o nome e a logomarca da sua empresa serão divulgados durante o evento. Isso também vale para outros tipos de projetos, que podem promover a sua marca na elaboração da proposta, seja através de peças gráficas, ou qualquer tipo de propaganda, nos mais diversificados veículos de comunicação como jornais, revistas, redes sociais, sites, outdoors e até mesmo nas rádios através dos spots de divulgação.

As Leis de Incentivo à Cultura resultam em opções benéficas para os empreendedores, que passam a atuar como patrocinadores, também para produtores e artistas. O Brasil começa a ter mais investimentos para a Cultura, que acabam por contribuir para a melhoria da qualidade de vida de todos.

Como acontece

Primeiro você precisa se informar sobre quanto da sua declaração de imposto pode ser destinada a incentivar um projeto cultural que já está aprovado pela Lei Rouanet ou pela Lei de Incentivo à Atividade Audiovisual (citadas acima). Após saber com quanto a sua empresa pode apoiar a Cultura, é só escolher dentre os projetos aprovados, o de sua preferência. Realizado esse processo, você receberá um comprovante que será utilizado na declaração do seu próximo imposto de renda para abater o valor, uma vez que o mesmo já foi repassado para o projeto cultural de sua escolha.

Conheça a AME Cultura

A AME Cultura – Agência Mineira de Entretenimento incentiva as empresas a investirem em projetos culturais para o desenvolvimento da comunidade local e regional, além do retorno advindo do marketing publicitário, você, empreendedor, também ganha por estimular a Cultura dentro da sociedade.

A AME Cultura é um dos principais agentes de Cultura do estado de Minas Gerais. A empresa possui projetos culturais aprovados pelas leis estadual e federal de Incentivo à Cultura, projetos de valorização do Patrimônio Histórico Cultural, prestação de serviços às prefeituras, assessoria e consultoria, entre outros trabalhos.

A AME Cultura fica localizada na Rua Astolfo Pio, 242, Centro – Machado (MG).

Transforme seu imposto de renda em música, cinema, leitura, teatro.